Landing Pages: como potencializar conversões

16/ago/19

Atrair usuários para o seu site e possuir um excelente tráfego não deve ser a sua única preocupação quando o assunto é conversão. Afinal, ter um grande número de acessos é importante, mas não implica um número proporcional de conversões. Levar 10.000 usuários para o seu site e converter apenas 0,01%, nem de longe seria a taxa de conversão ideal que você deseja alcançar.
Uma ferramenta importante para quem deseja um tráfego eficaz é utilizar as “landing pages”, também conhecidas como “páginas de aterrissagem”. Mecanismos que possuem os elementos necessários à conversão do usuário em lead, atuando como um local de captura.
Essas “páginas de destino” possuem o objetivo de direcionar um visitante do site e transformá-lo de forma eficaz em oportunidade ou cliente. Propositalmente com menos elementos e links que uma homepage de site comum, as landing pages devem ser configuradas para manter o visitante no “caminho correto”. Levando-o direto ao ponto, evitando qualquer tipo de distração e focando sua atenção em uma oferta específica.
Agora que você entendeu a importância das landing pages, confira algumas dicas que irão potencializá-las e assim, aumentar o número de conversões do seu negócio:

LAYOUT

O design influencia diretamente na experiência do seu visitante. Por isso, é fundamental que ele seja leve e de fácil navegação. Além disso, para uma melhor performance, o cabeçalho e imagens devem seguir o mesmo padrão.
Título e subtítulo são elementos muito importantes a serem levados em conta na hora de criar uma landing page. Eles devem comunicar de maneira clara e objetiva a proposta para que assim essas informações chamem a atenção do usuário e o levem a ler o restante da página.
Vale lembrar que todas as informações devem estar dispostas de modo que o usuário entenda perfeitamente o que fazer e onde clicar. Do mesmo modo, o Call to action (CTA) em forma de botão deve se destacar do restante do texto e ser de fácil compreensão.
As imagens utilizadas devem representar muito bem a oferta, portanto, seja preciso na hora da escolha. Inserir depoimentos de clientes também é uma ótima maneira de aproximar e incentivar os usuários.

DESCRIÇÃO

Nesse tópico, a objetividade também deve prevalecer. Por isso, é necessário apresentar uma descrição contundente a respeito da oferta, explicitando o seu valor. Além disso é necessário extinguir qualquer ponto que desperte ambiguidade ou incertezas.

Se o seu produto for complicado e demandar uma explicação extensa, opte por apresentações em vídeo ou exiba uma prévia. Algumas técnicas para elaborar uma descrição objetiva sobre a sua oferta é escrever sentenças curtas e destacar os termos mais relevantes usando negrito.

FORMULÁRIO

Evite formulários longos, eles devem recolher somente as informações indispensáveis do usuário para o seu negócio. O ideal é trabalhar com a hipótese de que quanto mais informações forem solicitadas, maior a chance de desistência.

Lembre-se também de que a relação da oferta com o formulário será um dos fatores determinantes ao seu tamanho. Quanto mais valiosa a sua oferta for, mais fundo você poderá ir nas perguntas.

A confiança é um fator de suma importância. Portanto, se o seu formulário pede informações confidenciais, insira elementos de apoio como selos de segurança – ícones de cadeado ou certificações. Assim, seus visitantes terão maior confiança na hora de disponibilizar suas informações.

Além disso, o formulário pode ser integrado com outras ferramentas, como as de CRM (Gerenciamento do relacionamento com o cliente), por exemplo, facilitando o gerenciamento dos leads.

Agora que você entendeu como otimizar as suas landing pages, que tal ficar por dentro das novidades do mundo dos negócios? Assine nossa newsletter, siga-nos nas redes sociais Facebook e Instagram e fique por dentro de outros conteúdos. Até breve!