O YouTube e o impacto do consumo de conteúdo audiovisual online

26/ago/19

O YouTube é considerado um dos maiores buscadores online. De acordo com o Alexa, a plataforma de vídeos é o segundo endereço eletrônico mais acessado na internet. Recentemente, mais de 100 vídeos passaram da casa de 1 bilhão de visualizações no YouTube e o vídeo responsável pela marca foi o “New Rules” da cantora Dua Lipa.

O videoclipe “Gangnam Style”, do artista coreano Psy foi o primeiro vídeo no mundo a alcançar a marca de um bilhão de visualizações no YouTube. Já no Brasil, o primeiro a atingir essa marca foi o videoclipe “Bum bum tam tam”, de MC Fioti.
O conteúdo do YouTube antinge as telas de 1,9 bilhão de pessoas (mais de um terço de todos os usuários da internet). Além disso, conta com mais de 500 horas de conteúdo enviados por minuto, segundo o Mediakix. O impacto desses números no consumo do conteúdo online audiovisual é marcante e um feroz indicador sobre o futuro da plataforma.

Por isso, a produção de conteúdo nesse formato é uma das grandes apostas do marketing de conteúdo. Cada vez mais organizações apostam em conteúdo audiovisual como parte da sua estratégia. E o YouTube é uma escolha certeira para as equipes de marketing.

De acordo com dados de dezembro de 2018 do Mediakix, os 20 usuários mais influentes do YouTube possuem juntos, cerca de 224 milhões de espectadores a mais do que toda a população americana dos EUA.
Se os números continuarem assim, o YouTube crescerá ao ponto de alcançar públicos globais mais amplos a cada ano. Países como Brasil, Suécia, Espanha e Irlanda são alguns dos representantes que possuem “youtubers” mais populares do mundo, por exemplo.

Por que criar um canal no YouTube?

Demonstrar os valores da empresa e criar conteúdo sobre assuntos relevantes a fim de fortalecer a identidade e valores da marca são algumas das razões pela qual a rede social de vídeos é uma ótima oportunidade. Entretanto, para que haja engajamento no canal, é necessário que haja um planejamento preciso, assim como a aplicação de técnicas para otimização de conteúdo.

Postar um vídeo na internet pode produzir os mais diversos resultados e, ao começar a investir nisso, a autoridade e credibilidade da sua marca no seu nicho aumentarão. Dessa forma, tal posicionamento irá atrair público qualificado, o que aumentará a probabilidade de conversão.

SEO para YouTube

O sistema de rankeamento e categorização de vídeos do YouTube assemelha-se ao utilizado pelo Google. Portanto, é possível utilizar as técnicas de SEO a fim de garantir um bom engajamento do seu público. Se você ainda não conhece essas técnicas, clique aqui para saber mais.

Para atrair e conservar o seu público, a frequência de postagens não é suficiente. Logo, será necessário a aplicação da otimização do conteúdo. Então confira alguns dos critérios básicos utilizados pelo YouTube para a classificação dos vídeos nas buscas e resultados:

  • Título do seu vídeo;
  • Tempo de visualização x tempo total do vídeo;
  • Palavras-chaves na descrição;
  • Visualizações;
  • Tags;
  • Compartilhamento;
  • Quantidade de seguidores adquiridos após a visualização do vídeo;
  • Comentários;
  • Curtidas e descurtidas.

Agora que você conheceu algumas das possibilidades do marketing de conteúdo audiovisual no mundo do YouTube, que tal ficar por dentro das novidades do mundo dos negócios? Assine nossa newsletter, siga-nos nas redes sociais Facebook e Instagram e fique por dentro de outros conteúdos. Até breve!