Por que as empresas com maior valor de mercado são de tecnologia?

08/abr/19

Você já ouviu falar da corrida do trilhão? Essa é uma nomenclatura utilizada para falar sobre uma competição entre as maiores companhias do mundo. A disputa visa descobrir qual instituição vai primeiro alcançar a quantia inédita de US$ 1 trilhão. Para os economistas essa marca será alcançada pelo ramo da tecnologia, pois são as empresas com maior valor de mercado atualmente.  

Quer conhecer quais são as maiores empresas de tecnologia do mundo e por qual elas têm os valores mais altos? Então continue conosco e entenda um pouco mais sobre a história delas e como conseguiram alcançar grandes resultados.

Apple

Fundada em 1976 por Steve Jobs, Steve Wozniak e Ronald Wayne, a Apple Computers INC, como era denominada, desenvolvia e vendia produtos eletrônicos como computadores pessoais, software, hardware e reprodutores de mídia portáteis. Em 2007 sofreu uma transformação no mercado: incrementou entre seus produtos a linha de smartphones iPhone e o sistema de vídeo digital Apple TV, passando a ser reconhecida apenas como Apple.  

Atualmente é uma das empresas com maior valor de mercado (US$ 847,4 bilhões). Segundo especialistas, além do seu grande volume de vendas e o uso de estratégias de marketing, o que faz a instituição crescer é seu alto investimento em centros de pesquisas e desenvolvimento de chips, processadores e sensores, além da aquisição de novas tecnologias como a da realidade virtual.   

Amazon

A companhia foi fundada em 1994 depois que Jeffrey Bezo percebeu o crescimento acelerado da internet. Decidiu então investir no novo negócio de comércio eletrônico. Era criado o modelo de lojas online e, mais tarde, de livros digitais.

A capitalização de mercado da Amazon é de US$ 826 bilhões, sendo uma das maiores instituições de tecnologia do mundo. O seu sucesso se deve a investimentos na cloud, publicidade digital e lojas virtuais. Mas o que tem impulsionado o seu crescimento são as pesquisas para o desenvolvimento da Alexa, o assistente virtual inteligente da empresa.  

Microsoft

Criada em 1975 por Bill Gates e Paul Allen, a Microsoft tinha como objetivo desenvolver e vender interpretadores BASIC. Com a expansão do mercado, a empresa passou a produzir os sistemas operacionais MS-DOS e, posteriormente, a Microsoft Windows. A partir dos anos 1990, passou a diversificar o mercado e a fazer diversas aquisições como da Skype Technologies e da fabricante de celulares Nokia.

Fechou o ano de 2018 com valor de mercado em US$ 851,2 bilhões, sendo a favorita na corrida do trilhão. Seu sucesso atual se deve a uma ampla visão de negócio focada na cloud e constante análise do mercado. 

Alphabet (Google)

Criada em 2015 para reestruturar a Google e ampliar o seu mercado, a Alphabet é um conglomerado com várias empresas pertencentes ao site de busca. A holding tem diversos ramos de atuação, entre eles a área da tecnologia, ciências da vida, pesquisa e capital de investimento.

Em abril de 2018, a Alphabet tinha o valor de mercado em US$ 723,48 bilhões. O principal fator que levou a instituição a ser uma das maiores do mundo se deve ao rearranjo que teve que promover para expandir seus produtos e serviços, além de investimentos em banco de dados e compras de diversas empresas e aplicativos.

Facebook

Desenvolvido com a ideia inicial de ser uma rede social dos alunos de uma universidade, o Facebook cresceu tanto que hoje é uma das maiores empresas do mundo, com valor de capitalização de US$ 505,93 bilhões. A sua publicidade segmentada e investimentos em banco de dados e tecnologia de reconhecimento facial fez com que a empresa aumentasse seus lucros, tornando-a uma grande concorrente na corrida do trilhão. 

Essas são as maiores empresas de tecnologia do mundo. Os avanços tecnológicos e do mercado digital permitiram que elas redirecionassem seus investimentos para áreas específicas de atuação, abrindo espaço para novas adaptações e para seu crescimento.

Gostou desse mini-histórico sobre o crescimento das empresas com maior valor de mercado? Então, compartilhe esse post nas suas redes sociais e mostre aos seus seguidores como é importante investir nas transformações digitais!