Por que não posso ignorar o plano de marketing digital no e-commerce?

24/ago/18

Trabalhar com uma loja virtual não é tão fácil quanto pode parecer a princípio. Há muitos desafios atrelados à administração do e-commerce, inclusive para fazê-lo decolar. Assim, é importante que os gestores tenham algumas cartas na manga, como um plano de marketing digital.

Esse tipo de planejamento serve como um guia para as ações do empreendedor no âmbito virtual, o que pode ser a diferença entre a estagnação e o sucesso dos negócios. Quer entender mais sobre o assunto e como aplicá-lo na sua loja? Continue a leitura!

O que é e como funciona o plano de marketing digital

Preparações são essenciais para a organização de qualquer coisa, especialmente no sentido profissional. No caso do marketing, o plano é o primeiro passo para uma série de estratégias que visam alavancar as vendas e aprimorar a imagem da empresa junto ao público.

Trata-se de um documento com as descrições de todas as atividades a serem realizadas dali para frente. Ele inclui os pilares necessários para que as campanhas de marketing realmente funcionem e tenham retorno. Alguns desses pilares são:

Definição de metas

As metas são o ponto de partida de qualquer caminho que você decida tomar, já que não dá para agir sem objetivos claros e bem definidos. Por exemplo: se sua ideia é atrair mais visitantes, é preciso saber quantos e em quanto tempo. Por outro lado, talvez você queira gerar mais leads qualificados. Por conta disso, existem metodologias só para definir metas.

Desenvolvimento das personas

Conhecer o público-alvo é fundamental, mas o trabalho não acaba aí. A buyer persona é um personagem que ajuda você a entender melhor o que os clientes querem e como esperam ser atendidos. Mas atenção: as personas são criadas com base em dados, não achismos!

Análise de mercado

O reconhecimento do ambiente é realizado por profissionais de todos os setores, e não é diferente no e-commerce. Além de entender o público, você também precisa ter uma boa noção de como andam os concorrentes e outros elementos do mercado no qual sua loja está inserida.

Escolha de técnicas e ferramentas

O “modus operandi” das ações é a parte mais complexa de todo o planejamento. Há muitos métodos disponíveis, mas isso não quer dizer que qualquer um deles vai fazer sentido para o seu negócio. Nesta etapa, é necessário se basear em análises de dados concretos para optar pela melhor abordagem e pelas ferramentas ideais.

Quem deve montar um plano de marketing digital

O documento com todas essas informações não pode ser feito da noite para o dia, muito menos por alguém inexperiente. Felizmente, existem profissionais capacitados para oferecer esse trabalho às empresas, em alguns casos até especificamente aos e-commerces. Normalmente, são agências com equipes inteiras dedicadas ao marketing digital.

Se você designar uma agência para esse propósito, não esqueça de escolher uma completa. Ou seja, procure por especialistas que ofereçam campanhas, estratégias de segmentação e demais serviços de acordo com a identidade da sua loja, tudo funcionando em conjunto. É a melhor forma de economizar e ainda atingir resultados reais.

As informações deste artigo podem ser bem úteis (e esperamos que tenham sido!), mas sua aplicação só consegue ser feita por profissionais da área. E não vamos deixar você desamparado a essa altura do campeonato: entre em contato conosco.

Ficaremos felizes em tirar suas dúvidas e explicar os nossos serviços de plano de marketing digital para e-commerce!